em Bolivia

Salar de Uyuni na Bolívia: Tudo o que precisa saber

Conhecer o Salar de Uyuni foi uma das experiências mais incríveis que já tive na vida. A imensidão do lugar (são no total cerca de 12 mil Km2 de extensão a 3.600m de altitude) e o incrível efeito de espelho da água no maior deserto de sal do mundo são indescritíveis. Qualquer foto que talvez você já tenha visto não é capaz de descrever o que é estar ali.

AS ATRAÇÕES DO SALAR: TOUR 3 DIAS E 2 NOITES A PARTIR DO ATACAMA

> DIA 1

Salar de Uyuni: White Lagoon
Salar de Uyuni

O primeiro dia começa cedo, afinal você ainda está no Chile e precisa cruzar a fronteira com a Bolívia, onde fica o Salar de Uyuni. A travessia é tranquila, sem maiores preocupações. Neste dia a altitude aumenta bastante e algumas pessoas podem sentir mal estar, comigo foi muito tranquilo.

Salar de Uyuni: White Lagoon
Geysers no Salar de Uyuni na Bolivia

E logo o Dia 1 já é repleto de atrações e lindas paisagens. Durante o trajeto você terá paradas na Green e na White Lagoon com uma vista privilegiada do vulcão Licancabur ao fundo. Depois passa por uma região de geysers com algumas piscinas de água termal e termina o dia no Red lake que o próprio nome já indica qual a surpresa do local, onde vivem milhares de flamingos.

Salar de Uyuni: red lake

> DIA 2

Salar de Uyuni: Valle de Rocas

O segundo dia fica dedicado a continuar a travessia pelo deserto com paradas em uma região dominada por diferentes formações rochosas esculpidas pelo vento (Valle de Rocas). É muito lindo de se ver.

Salar de Uyuni: Valle de Rocas
Salar de Uyuni: Valle de Rocas
Salar de Uyuni: Deserto de Sal
Salar de Uyuni: Laguna honda

Mais alguns km adiante terão algumas paradas em algumas belas lagoas, uma das que mais me encantou é a laguna Honda. 

Salar de Uyuni: Laguna honda
Salar de Uyuni: Roteiro de 3 dias

> DIA 3

Salar de Uyuni: Roteiro 3 dias

O terceiro dia é o mais especial de todos, é o dia tão esperado para conhecer o maior deserto de sal do mundo, são 12,000 km2 de extensão que trazem diferentes ângulos de um fenômeno da natureza difícil de explicar. Ao longo do percurso terão momentos para ver as grandes quantidades de sal presentes no deserto, e outras áreas em que a água da chuva forma uma fina camada sobre o sal, criando um efeito de espelho. Prepare-se para lindas fotos!

Salar de Uyuni: Roteiro 3 dias
Salar de Uyuni: Deserto de Sal

O dia e o passeio termina por volta das 15h em Uyuni. De lá peguei um ônibus para La Paz que dura cerca de 7-8 horas com parada em Oruro.

Salar de Uyuni: estrada de ferro
Salar de Uyuni: Tudo o que precisa saber
Salar de Uyuni: espelho d'agua

Eu fiz o tour pela Cordillera, gostei bastante do guia, do grupo que foi comigo e as acomodações/refeições eram simples mas não tive qualquer problema.

ROTEIROS: QUANTOS DIAS

Para ter uma experiência completa no Salar de Uyuni são necessários de 3 a 4 dias. O que muda entre as duas opções é se você fará um trajeto circular (início e fim no mesmo lugar)  ou distintos. Eu optei por iniciar o trajeto em San Pedro del Atacama e encerrar em Uyuni. Logo depois eu fui para La Paz, na Bolívia e Cuzco, no Peru, para conhecer Machu Picchu.

Salar de Uyuni: o que fazer

PONTOS DE SAÍDA

Existem dois grandes pontos de saída para conhecer o deserto de sal. A partir do Chile (no deserto do Atacama) e a partir da Bolívia (cidade de Uyuni). 

Fronteira da Bolivia para visitar o Salar de Uyuni
Fronteira da Bolivia para visitar o Salar de Uyuni

Dica: Além de entender o que é mais conveniente e menos custoso para você deixo a dica que no caso de começar pelo Atacama o ápice da viagem fica para o final, ao contrário de começar pela Bolívia, eu particularmente prefiro assim, pois as expectativas vão crescendo aos poucos. Sair de Uyuni, no entanto, tem a vantagem de fazer um “bate-volta” caso você não tenha muito tempo para explorar toda a região. 

QUANDO IR

A região do salar tem dois grandes períodos marcantes. O período de seca que vai de abril a outubro e de chuva que vai de novembro a março.  Durante a seca é possível ver mais atrações e é quando o sal no chão fica “seco” e com diferentes formações geométricas. Mas é no período de chuva que se formam as finas camadas de água sobre o chão criando espelhos de água que tornam o Salar de Uyuni tão especial.

Eu fui em Abril e achei a data ótima, vi o espelho d’água e o clima, apesar de frio, estava suportável.

SALAR DE UYUNI: CONFIRA ABAIXO ONDE FICA CADA LUGAR!

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar