em Chile

O QUE FAZER NO ATACAMA: MELHORES PASSEIOS

O Deserto do Atacama é um dos meus destinos preferidos no Chile. Há inúmeras atividades que podem ser feitas e uma paisagem de tirar o fôlego.

O deserto está localizado na região norte do Chile até a fronteira com o Peru. É considerado o deserto mais alto e mais árido do mundo, pois as correntes marítimas do Pacífico não conseguem passar o deserto em função da sua altitude e das Cordilheiras dos Andes. A cidade base é San Pedro do Atacama (SPA). Abaixo os meus Top 10 passeios:

1. LAGUNA CEJAR

Lagoa de sal com concentração 7 vezes maior do que o mar. Pode-se nadar e o corpo flutua no estilo do Mar Morto. O passeio geralmente sai no final da tarde e retorna às 21h. Ao invés de fazer o passeio, eu aluguei uma bicicleta e percorri cerca de 30km no deserto, entre áreas com asfalto e areia até chegar a lagoa. É preciso ter bastante disposição para isso. No meio do caminho ainda me perdi mas tive a sorte de conhecer dois chilenos que estavam indo para o mesmo lugar e fez o “cansativo” percurso valer cada km. 

Depois de 8 anos voltei ao mesmo lugar e foi emocionante encontrar a “única” árvore do deserto e que era marco para não se perder no caminho.

2. VALLE DE LA LUNA

O que fazer no Atacama: Por do Sol Vale de La Luna

Lugar maravilhoso para ver o pôr do sol. Possui raras formações esculpidas pelas condições extremas e uma vista única do deserto.

Além do point do pôr do sol que é incrível há outras paradas para serem exploradas, como as três marias, o anfiteatro (uma linda formação de dunas e rochas no meio do caminhos, e a Cueva de Sal, achei bem legal essa trilha que dura uns 30 minutas e passa pelo meio de uma caverna esculpida a milhões de anos.

3. GEYSERS DEL TATIO

Este passeio é para quem está disposto a acordar cedo e passar frio! O passeio sai por volta das 4 da manhã e vai até os Geysers. No meio do caminho tem uma parada para tomar café da manhã e no final ainda é possível nadar em piscinas naturais (Hot Springs) com água a 35ºC enquanto a temperatura fora está -4ºC. Vale a coragem! Ainda tem uma parada para conhecer a comunidade de Machuca. Retorna às 12:30 para SPA. 

Em função da altitude recomendam mastigar folha de coca no dia anterior. Ajuda a minimizar os efeitos da altitude.

4. VALLE DE LA MUERTE

O que fazer no Atacama: Valle de La Muerte

O Valle de la Muerte se parece tanto com a superfície de Marte a ponto de ser usado pela NASA para testar sondas. A região fica a 4km do centro de SPA e para chegar lá dá para ir de bicicleta ou carro. No caminho existem paradas possíveis para fazer sandboard! Recomendo! É só alugar as pranchas no centro de San Pedro de Atacama, tem várias opções de loja no centrinho.

5. TOUR ASTRONÔMICO

O Deserto do Atacama é famoso por ter um dos céus mais claros do mundo. Isso aliado a pouca umidade e a 300 noites claras por ano fazem do céu uma das principais atrações da região e, é mesmo, impressionante. Não é a toa que lá foi montado o maior projeto astronômico mundial.Basta olhar o céu a noite andando pela vila de San Pedro para se encantar! Mas para deixar esta lembrança ainda mais marcante é possível fazer um tour astronômico. O mais famoso é feito por um francês (Alain Maury). Dica: faça a reserva com antecedência pois o passeio é muito concorrido.Existem outros passeios bem conhecidos como o Valle del Arcoiris, Laguna Chaxa, Salar de Tara e as Lagunas Altiplanicas mas como segui viagem para o Salar de Uyuni na Bolívia não valeria a pena conhecer.

6. LAGUNA ESCONDIDAS DE BALTINACHE

O que fazer no Atacama: Lagunas Escondidas Baltinache

Conheci estas lagunas na segunda vez que fui ao Atacama, e confesso que se tornou um dos meus programas favoritos! Achava que por ter conhecido a Laguna Cejar, não iria me impressionar tanto com as lagunas de Baltinache, mas eu estava totalmente enganada. Ao longo do passeio, existe uma trilha em que você passa por diferentes lagunas (são 7 no total se não me engano) e cada um é especial, seja pela forma ou cor que contrasta com o ambiente cheio de sal, algumas são incrivelmente turquesas, como o mar em Cancun. 

Não é permitido sair da trilha e entrar na maioria das lagunas, então desfrute do caminho e espera para tomar o tão esperado banho de “sal” na última laguna. É bem gostosa a sensação de ficar na água sem afundar. Aproveite o momento para tirar as fotos mais inusitadas que só uma lagoa com alta concentração de sal te permite!

7. TERMAS DE PURITAMA

 Depois de tanto andar e suar, nada melhor do que relaxar nas Termas de Puritama. Esse “sítio” é um lugar privado que contém várias piscinas termais com diferentes temperaturas. A graça é começar pela última piscina “a mais longe” que é a mais fria e ir subindo a trilha até o topo. Assim o seu corpo vai se acostumando com as temperaturas que ficam cada vez mais agradáveis. Depois é relaxar, curtir as quedas de água e mini cachoeiras e não se preocupar com mais nada. 

8. OJOS DEL SALAR

Recomendo este passeio se estiver de carro. Vale percorrer alguns km no meio do deserto até chegar os Ojos del Salar que são duas lagunas ENORMES no meio do nada. Apesar de serem super grandes, é preciso ficar atendo, as lagunas não são vistas a distância e é importante usar um GPS para perceber que chegou ao local. Não há demarcação da atração, é gratuito e a estrada passa no meio delas. Fiquei tentada a pular na água, mas estava no fim da tarde e o vento frio começou a bater, mas se tiver coragem vale dar um pulo em mais uma miragem do Deserto do Atacama.
O que fazer no Deserto do Atacama: Ojos del Salar
Uma das lagoas do Ojos del Salar no Deserto do Atacama

9. SAN PEDRO DE ATACAMA (SPA)

O Atacama é um lugar muito especial por toda sua beleza natural e imensidão que nos faz sentir pequenos diante de tanta exuberância da natureza. E a cidade base para toda essa aventura e curtição não deixa nada a desejar: San Pedro del Atacama é uma cidadezinha “micra” e super charmosa. As ruas e a maioria das construções são feitas de barro e dão um toque rústico e especial para desfrutar o fim de tarde e noites depois dos passeios. São inúmeras opções de restaurantes e artesanatos para todos os tipos de pessoas e “bolsos”. Não deixe de visitar a igrejinha da cidade que dá um toque a parte. 

10. MANO DEL DESIERTO

Este passeio, não faz parte do Atacama em si, mas é uma dica para quem gosta de viajar de carro e pode optar por ao invés de chegar de avião por Calama ir para Antofagasta. A distância é maior (cerca de 300 km) porém além dos vôos normalmente serem mais baratos é possível conhecer uma escultura impressionante de uma mão no meio do nada no deserto. Eu realmente fiquei impactada por esta escultura, acho linda e imponente. A Mano del Desierto fica a cerca de 1h de antofagasta porém na direção contrária a San Pedro de Atacama, então é preciso adicionar cerca de 2h na viagem. Eu não me arrependo, adorei ter conhecido e me diverti bastante admirando essa mão no meio do nada.

BÔNUS: SALAR DO UYUNI

Se você está planejando ir ao ATacama e tem dias a mais, eu recomendo de olhos fechados estender a viagem até o Salar do Uyuni, se tudo o que já coloquei aqui é lindo e de tirar o fôlego vocês não tem ideia do que são os 3 dias de viagem com o ápice da chega no Salar. É indescritível o que a natureza é capaz de fazer. Os passeios saem de San Pedro e duram 3 dias (só ida, neste caso você termina a viagem em Oruro na Bolívia) ou 4 se for ida e volta.

CARRO OU PASSEIOS

Fui duas vezes para o Atacama, uma sozinha e outra com minha mãe. Quando fui sozinha optei por fazer os passeios com as agências especializadas (Grado 10, Colque Tour e Atacama Connection,…) e foi bem legal, porém se estiver em 2 ou mais pessoas recomendo que alugue um carro, te dá mais liberdade, é mais econômico, além de ser possível visitar os pontos turísticos em horários alternativos aos de pico. Porém saiba que não é possível ir de carro a todos os lugares. Para quem anda de bike também há opções legais para fazer pedalando!

DESERTO DO ATACAMA: CONFIRA ABAIXO ONDE FICA CADA LUGAR!

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar